CAN THE CAN @ Face Food Mag 2018

 

As conservas portuguesas são o resultado de um processo antigo que alia a excelência do produto, a arte de trabalhá-lo e a paciência de esperar pela acção do tempo.
O Can The Can surgiu do fascínio por esta actividade e da vontade de lhe dar maior visibilidade e de aumentar as suas possibilidades criativas, oferecendo uma cozinha mediterrânea que utiliza produtos das empresas nacionais e associando-se à ANICP, a Associação Nacional dos Industriais de Conservas de Peixe, com o objective de recriar e potenciar a gastronomia de matriz conserveira.
O chefe criativo do Can The Can é Miguel Laffan, responsável pela primeira estrela Michelin do Alentejo, que, em colaboração com Luís Barradas (Chef executivo) e todos os membros da equipa, soube levar o projecto a bom porto.
Os sabores, as cores, as texturas de cada proposta são uma aventura para os clientes e uma completa revolução na forma de trabalhar as conservas portuguesas. Mais do que pratos servem-se histórias e lançam-se desafios, brinca-se com o tempo e confundem-se os sentidos.
O Can The Can situa-se no lugar mais nobre de Lisboa, o Terreiro do Paço, onde a cidade se abre para o rio e o olhar se perde num horizonte de rotas antigas. Ao leme estão Elsa Henriques e Margarida Silva, timoneiras seguras de sorrisos abertos. Junto a este cais só há partidas, e, se as naus são latas, bem podemos ser sardinhas.