1854 Início da indústria conserveira em Portugal

A Indústria conserveira e a evolução urbana de Setúbal (1854 – 1914)


Trabalho de Ana Alcântara de 2008

 Nova University of Lisbon – Portugal, History, Graduate Student

 

Ana Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind Conserveira

 

Ana Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind ConserveiraAna Alcantara A Ind Conserveira

 

Bibliografia

BARRO, J. L. 1938 – O Livro de Ouro das conservas Portuguesas de peixe. Lisboa: Instituto Português de Conservas de Peixe.

ALHO, A. A., MOURO, C.B. (1988) – Linhas de evolução da indústria conserveira em Setúbal.

 

Fontes

Boletim do Trabalho Industrial, nº2, 1906, Lisboa

Catálogo dos Produtos da Agricultura e Indústria portuguesa mandados à Exposição Universal de Paris em 1855. Lisboa: Imprensa Nacional

Boletim da Associação Comercial e Industrial de Setúbal nº 1
Biblioteca Nacional Cota: C.G. 999 V.

Boletim da Associação Comercial e Industrial de Setúbal nº 6
Biblioteca Nacional Cota: C.G. 999 V.

Boletim da Associação Comercial e Industrial de Setúbal nº 8
Biblioteca Nacional Cota: C.G. 999 V.

Boletim da Associação Comercial e Industrial de Setúbal nº 9
Biblioteca Nacional Cota: C.G. 999 V.

Lista de recompensas concedidas aos expositores que concorreram à exposição Universal de Paris
in Boletim do Ministério das Obras Públicas, Commercio e Industria Nº 11 de Novembro 1855

Arquivo Distrital de Setúbal, Fundo Almeida de Carvalho (A.D.S., F.A.C.)

 

Publicações periódicas

O Distrito, nº 653, 10 de junho 1894

O Elmano, 5 de Maio de 1897; 19 de Maio de 1897

Ilustração Portuguesa, 11 de Julho de 1910