Fundo Notarial de Setúbal

Escritura de venda da terça parte da fábrica de conservas alimentícias • 1865


Em 13 de Março de 1865, já João Sesinando de Freitas Júnior havia “arrematado em hasta pública a terça parte dos utensílios, conservas e mais pertences da fábrica de conservas alimentícias (. . .) pertencente à massa falida de seu filho”, terça parte que, então, vende a Herlitz e Lapido (39) que na sequência se constituem em sociedade em 29 do mesmo mês e ano (40). in Linhas de Evolução da Indústria Conserveira em Setúbal – Albérico Afonso e Carlos Mouro

Arquivo Distrital de Setúbal  – Fundo Notarial PT/ADSTB/NOT/NPSTB/001/00035

Escritura de venda da terça parte de uma fábrica de conservas alimentícias existente na Ladeira de São Sebastião nesta cidade, que faz João Sesinando de Freitas Júnior, a Gustavo Carlos Herlitz e José Maria Lapido por trezentos mil reis.