Fundo Almeida Carvalho - Arquivo Distrital de Setúbal

Fundo Almeida Carvalho


ARQUIVO PESSOAL DE ALMEIDA CARVALHO

João Carlos de Almeida Carvalho

Arquivo Distrital de Setúbal

CÓDIGO DE REFERÊNCIA PT/ADSTB/PSS/APAC

O Arquivo Pessoal de Almeida Carvalho resulta do trabalho de investigação levado a cabo por João Carlos de Almeida Carvalho, filho de António Coelho de Carvalho e de D. Ana Rita de Almeida e Silva de Carvalho, nascido na então vila de Setúbal, no dia 5 de março de 1817 e falecido em 1897. “Teve como padrinho seu avô materno João Carlos de Almeida Soares, e madrinha Nossa Senhora Mãe dos Homens, com cuja coroa tocou, seu tio materno Vitorino de Almeida Soares”.

João Carlos de Almeida Carvalho registou e legou às gentes da sua terra natal, um vasto repositório de informações manuscritas, constituídas por apontamentos com informação de carácter geográfico, topográfico, numismático, arqueológico, histórico, social, cultural, entre outros, sobre a região de Setúbal e os povos que por aí passaram.

Almeida Carvalho, para além da investigação, exerceu o ofício de taquígrafo, vereador da Câmara Municipal de Setúbal, entre muitos outros cargos, tendo também publicado em jornais muitos artigos sobre temas diversos.

Refira-se que a importância desse acervo torna-se mais evidente e crucial para a região de Setúbal quando se sabe que, por infortúnio da História, uma das principais fontes investigadas por Almeida Carvalho – o arquivo da Câmara Municipal de Setúbal – , ardeu na noite de 4 para 5 de outubro de 1910.

Esse acervo, com cerca de dezassete metros lineares de documentação, está acondicionado em caixas, integrando cada uma delas várias capilhas com informação variada e densa, tendo a mesma sido apresentada ao público em 1995 pelo Arquivo Distrital de Setúbal sob a forma de um índice geral.

in Arquivo Distrital de Setúbal


João Carlos de Almeida Carvalho

Wikipédia